Orlando City completa dois meses de MLS em jogo contra um dos fundadores da liga, o NE Revolution


O Orlando City SC enfrenta nesta sexta-feira, 8 de maio, às 20h (21h no horário de Brasília), o New England Revolution, atual líder da Conferência Leste. Depois de exatos dois meses, desde a estreia histórica dos Lions pela Major League Soccer (MLS), no dia 8 de março, o Orlando City pega nessa sexta-feira os Revs, no estádio Orlando Citrus Bowl, onde a equipe mantém média de público superior a 39 mil pagantes na temporada 2015.


“Será um grande jogo, contra uma equipe que é provavelmente a mais equilibrada no campeonato até agora”, disse Adrian Heath, técnico do Orlando City. “Sabemos que será difícil, mas é preciso acreditar no trabalho de preparação que fizemos durante essa semana e manter a confiança”, completou. 

Os Lions enfrentam os Revs após disputar, no último sábado, um amistoso internacional com a Ponte Preta. Na ocasião, o Orlando City venceu a Macaca por 3 a 2. Após sair atrás no placar, os gols de Bryan Rochez, Sean St. Ledger e Cyle Larin garantiram uma virada, que foi considerada uma das melhores performances do time na temporada. 

A partida amistosa foi marcada também pela perda do meia Kevin Molino. Ele sofreu uma ruptura no ligamento anterior cruzado do joelho direito, passará por cirurgia reparatória e não joga mais este ano em função da recuperação. 

A lesão de Molino levantou algumas especulações sobre como o treinador inglês supriria a ausência do meia da seleção de Trinidad e Tobago. Entre elas, a possibilidade de deslocar o atual lateral-esquerdo do Orlando City e da seleção dos Estados Unidos, Brek Shea, para o meio de campo, promovendo a entrada do inglês Luke Boden na lateral. “Não era uma alternativa até agora, mas jogamos com essa formação contra a Ponte Preta e funcionou bem”, comentou o treinador Adrian Heath. 

Artilheiro dos Lions na temporada, com três gols marcados, Kaká, está confirmado para a partida, depois de ter atuado durante apenas 20 minutos no amistoso contra a Ponte. O Orlando City ocupa atualmente a sétima posição na Conferência Leste, com 8 pontos em 8 jogos.

Kaká vai encarar a principal estrela do New England Revolution, o zagueiro / volante Jermaine Jones, destaque da seleção americana na Copa do Mundo da FIFA do Brasil, em 2014. Após o mundial, Jones foi contratado pelos Revs junto ao Besiktas, da Turquia, para ser um dos principais jogadores da MLS, ocupando a única vaga de Jogador Designado da MLS da franquia (cada clube da MLS tem direito a contar com até três Jogadores Designados, cujos salários não contam contra o teto salarial designado pela liga para todos os times). 

O Revolution é líder da Conferência Leste, e em meio a sequência de sete jogos de invencibilidade, que inclui uma goleada por 4 a 0 sobre o Real Salt Lake e uma vitória por 2 a 1 sobre o New York Red Bulls – até então primeiro colocado da Conferência. O atacante americano Charlie Davies atualmente é o artilheiro da equipe, com três gols em cinco partidas.