Tony Ramos e Daniela Mercury são homenageados no Brazilian International Press Awards


 Na noite de ontem, 9 de maio,  o teatro Amaturo, em Fort Lauderdale, na Flórida, foi palco da festa de celebração da 18a edição do Brazilian International Press Awards. Entre as personalidades de destaque no ano, o evento fez homenagens especiais ao ator Tony Ramos e à cantora Daniela Mercury.  A festa, que contou com mais de 500 convidados, foi apresentada pela jornalista Mila Burns.


Mila deu início à noite de tributos que, anualmente, reconhece personalidades brasileiras que vivem nos Estados Unidos e também grandes talentos brasileiros que transmitem uma imagem positiva do Brasil no mundo. Tony foi chamado ao palco para receber o Lifetime Achievement Award, concedido em reconhecimento à sua trajetória profissional. No telão, foi exibido um vídeo com imagens que mesclavam cenas que marcaram sua história na TV, em seus mais de 50 anos de carreira, com trechos de uma entrevista concedida pelo ator mostrando seu lado pessoal e o forte vínculo familiar.

 

“Eu não poderia vir até aqui hoje, de tão distante, e dizer simplesmente obrigado. São essas pequenas e grandes surpresas e o carinho de todos vocês que são tão importantes pra mim”, disse Tony.  “No dia 29 de junho, completo 51 anos de carreira, que me permitem dizer que o meu trabalho é feito para o grande público. Então, mais bonito que esse prêmio é estar nesse palco e estar aqui hoje com todos vocês”, agradeceu o ator.


Considerado um dos grandes nomes da dramaturgia brasileira, Tony já viveu mais de 100 personagens entre trabalhos na TV, no cinema e no teatro. Foi ainda na escola que se lançou no teatro amador e, prestes a completar 16 anos, fez seu primeiro trabalho na TV Tupi. Estreou na Globo em 1977, para dar vida ao personagem Paulo Amaral, em ‘Espelho Mágico’. No mesmo ano,  começou a trabalhar em ‘O Astro’, de Janete Clair. Em ‘Baila Comigo’, trama de Manoel Carlos exibida em 81, Tony viveu o desafio de representar simultaneamente os gêmeos João Victor e Quinzinho, conquistando a crítica e o grande público. Entre os trabalhos mais recentes na TV, destacou-se mais uma vez, em 2013, como o prefeito corrupto Reinaldo Rangel, em ‘A Mulher do Prefeito’, seriado que foi indicado ao Emmy Internacional. E no ano seguinte, viveu o empresário Carlos Braga, no remake de ‘O Rebu’.


Em seguida, foi a vez de Daniela Mercury subir ao palco para receber o prêmio. Cantora, bailarina e compositora são alguns dos atributos da Rainha do Axé, que este ano celebra 22 anos de carreira internacional. Ao longo de sua trajetória, conquistou plateias ao redor do mundo e foi reconhecida com inúmeros prêmios, entre eles o Grammy Latino.   “Eu digo que não é a gente que faz a arte. É ela que nos transforma. Que bom que eu aprendi desde pequena a usufruir das artes porque não existem fronteiras para a imaginação”,  disse a cantora, que após receber a homenagem, encerrou o evento com “Rainha do Axé”, seguida de “Ilê Pérola Negra”. No fim do show, Tony Ramos subiu ao palco e, brincando, puxou o começo de “O Canto da Cidade”, que foi continuada por Daniela, tirando a plateia do chão.


Criado em 1997, o Brazilian International Press Awards é uma das mais relevantes celebrações da cultura brasileira no exterior. A premiação tem o objetivo de reconhecer personalidades, instituições e iniciativas comprometidas com a cultura e a imagem positiva do Brasil no mundo. Grandes talentos brasileiros receberam a homenagem ao longo dos anos, entre eles as atrizes Susana Vieira e Claudia Abreu, os cantores Zeca Pagodinho e Carlinhos Brown, o ator Marcelo Serrado e a jornalista Gloria Maria, entre outros.