Kaká marca e Orlando City empata com San Jose na Califórnia


 O Orlando City conquistou um ponto no estado da Califórnia, contra o bicampeão da Major League Soccer (MLS), San Jose Earthquakes, depois de disputar 42 minutos de partida com um jogador a menos.
Pela primeira vez na temporada, o San Jose deixou de mandar um jogo em seu novo estádio, com capacidade para 18 mil pessoas, para dar a um maior número de torcedores a chance de ver o Orlando City e Kaká de perto. E o meia brasileiro não decepcionou os mais de 36 mil torcedores presentes no moderno Levi’s Stadium. O brasileiro marcou o quinto gol dele no ano de estreia na maior liga de futebol da América do Norte.

O Orlando City teve que superar a expulsão do meia Brek Shea logo aos seis minutos do segundo tempo, quando o jogo ainda estava empatado em 0 a 0.

Os Lions suportaram bem a pressão imediata dos Quakes após a expulsão. Em um contra-ataque, aos 15 minutos da etapa final, o lateral-direito Rafael Ramos deu um lindo corte para cima de Salinas e finalizou. O goleiro David Bingham desviou no reflexo.

Um minuto mais tarde, o atacante do Orlando City, Cyle Larin, apareceu nas costas do zagueiro Bernárdez. O goleiro Bingham saltou para tentar tirar a bola da direção de Larin e derrubou o centroavante dentro da grande área. Pênalti para o Orlando City, que Kaká bateu à meia-altura, isolando-se na artilharia dos Lions na temporada 2015 da MLS, com cinco gols em 12 jogos.

Porém, o time de Orlando permaneceu à frente no placar por menos de quatro minutos. O volante salvadorenho, Darwin Cerén, deslocou o lateral Stewart, do San Jose, dentro da área do Orlando City. O árbitro Allen Chapman viu mais um pênalti, dessa vez a favor dos Quakes.

O camisa número 8, Chris Wondolowski, foi quem cobrou. O meia-atacante da seleção dos Estados Unidos marcou o centésimo gol dele na MLS em 10 temporadas. Wondo tornou-se o nono jogador a atingir a marca dos 100 gols, em 19 anos de história da liga.

Aos 27 minutos, o goleiro do Orlando City, Tally Hall, foi buscar no canto direito um chute cheio de efeito do argentino Pérez García. Antes dos 40 minutos do segundo tempo, o técnico dos Lions, Adrian Heath, botou em campo o atacante da seleção da Irlanda do Norte, Martin Paterson, no lugar do atacante da seleção canadense, Cyle Larin, e ainda promoveu a entrada do volante Amobi Okugo no lugar do meia Eric Avila.

A dois minutos do fim da etapa final, Darwin Cerén tentou descontar o pênalti cometido por ele no jogo, mas o chute saiu por cima do gol e a partida terminou empatada em 1 a 1.

“Penso que tínhamos um pouco mais para dar. Poderíamos ter tomado a iniciativa, um pouco mais de liderança”, disse o treinador do Orlando City, Adrain Heath. “Mas, já que fomos obrigados a jogar quase todo o segundo tempo com apenas 10 homens, temos que ficar satisfeitos com um ponto.”

O Orlando City, que marcou oito gols nos últimos quatro jogos, ocupa atualmente a sexta posição na Conferência Leste da MLS, tendo somado 13 pontos em 12 jogos, na temporada de estreia do clube na liga. Os Quakes estão na quarta posição da outra Conferência, a Oeste, com 18 pontos, e se mantém invictos a cinco partidas.
Os Lions voltam a jogar no estádio Orlando Citrus Bowl no sábado, dia 30 de maio, às 19h30 no horário local (20h30 de Brasília).

San Jose Earthquakes 1×1 Orlando City SC
Gols:

ORL – Kaká – 16’ do 2˚ tempo

SJO – Chris Wondolowski 33’ do 2˚ tempo
Cartões:

SJO – Fatai Alashe (amarelo) 44’

ORL – Brek Shea (vermelho) 6’ do 2˚ tempo

ORL – Martin Paterson (amarelo) 40’ do 2˚ tempo
Escalações:

Orlando City SC – Tally Hall; Rafael Ramos, Sean St. Ledger, Seb Hines e Luke Boden; Cristian Higuita, Darwin Cerén, Eric Avila (Amobi Okugo 42’ – 2˚ tempo), Kaká e Brek Shea (expulso – 6’ do 2˚ tempo); Cyle Larin (Martin Paterson 39’ – 2˚ tempo)

Técnico: Adrian Heath
San Jose Eathquakes – Bingham; Wynne, Bernárdez, Goodson e Stewart; Alashe, Pérez García e Chris Wondolowski; Nyassi (Cordell Cato 26’ – 2˚ tempo); Adam Jahn (Khari Stephenson – 23’ do 2˚ tempo) e Salinas
Técnico: Dominic Kinnear
Público: 36.224
Estatísticas

Chutes a gol:

ORL:6
SJO: 10
Escanteios:

ORL: 1

SJO: 7
Impedimentos:

ORL: 1

SJO: 1
Faltas:

ORL: 15

SJO: 14
Defesas:

ORL: 3

SJO: 2

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s